segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Nietzschiana

Nietzschiana

Manuel Bandeira


Meu pai, ah que me esmaga a sensação do nada!

— Já sei, minha filha... É atavismo.

E ela reluzia com as mil cintilações do Êxito intacto.

BANDEIRA, Manuel. "Nietzschiana". In: Estrela da manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário