segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Oswald De Andrade

Minha experiência pessoal me conduziu agora a crer, que nada há de mais odioso que o pensamento satisfeito e a obra que prova. Nada mais odioso do que a tese na obra de arte.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário